sexta-feira, 1 de julho de 2016

Inquérito no Blogue terminado



Terminou o inquérito que vinha aqui sendo realizado sobre a importância e se ainda se justificava, a existência de um Blogue deste tipo, após o surgimento das redes sociais.

Votaram 104 leitores, tendo dado o seguinte resultado:

Sim- 102
Não- 2





Constato que a esmagadora maioria dos votantes considera que este espaço faz falta e é importante na divulgação do Santo Huberto, apesar da facilidade de comunicação que as redes sociais permitem alcançar em tempo útil.
Sei que nunca podemos agradar a todos (seja na forma, ou no conteúdo), porém, o meu próximo objectivo será tudo fazer para melhorar este espaço, de maneira a que os amantes da modalidade tenham sempre aqui uma fonte de informação de fácil acesso, concisa e actualizada.

A todos aqueles que dedicaram um pouco do seu tempo e contribuíram com o seu voto, o meu muito obrigado.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

1º Workshop Internacionalização do Stº Huberto - Monte Real




Vai ter lugar em Monte Real, no dia 23 de Julho, o 1º Workshop Internacionalização do Stº Huberto.






A inscrição é gratuíta. Informações e/ou esclarecimentos, pelo contacto: Joaquim Vitorino, tlm- 912159510, ou e-mail: joaquimvitorino321@hotmail.com.

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Campeonato Regional da FCPBL, 4ª contagem - Carapinheira



A 4ª contagem do Campeonato Regional da FCPBL 2016, terá lugar na Carapinheira, inserida no programa da Feira da Caça daquela localidade.

As inscrições poderão ser feitas até o dia 12 de Julho, pelo Tlm: 916 298 503.
Concentração às 7.00h, no recinto da feira, Pavilhão Multiusos da Carapinheira.

segunda-feira, 27 de junho de 2016

II Troféu de Óbidos - Resultados

Realizou-se ontem em Óbidos, o II Troféu de Óbidos. Na sua segunda edição, esta organização da  Associação de Caçadores e Pescadores da Freguesia de Santa Maria, São Pedro e Usseira, primou, uma vez mais, pela qualidade da organização e montra de prémios.
A concentração teve lugar em Pinhal, onde após um excelente pequeno almoço, foi feita a apresentação da prova e explicada a sua orgânica. Foi ainda cumprido um minuto de silêncio em homenagem a um dos membros da organização, trágicamente falecido na semana passada.

Presentes 46 conjuntos, distribuídos por 4 campos. Estes eram muito diversificados, quer em coberto, quer em orografia. Em comum, apenas o calor que já se fez sentir, pese embora a boa organização do transporte dos concorrentes minimizasse esse facto.
Foram juízes da prova: José P. Leitão, Joaquim Rosa, Paulo Filipe e Samuel Lourenço.

Passaram a duas barrages finais os dois primeiros classificados de cada série, dando estas acesso aos respectivos oito primeiros lugares da classificação final.


1º Correia da Silva, PP
2º Rui Bonito, P
3º Carlos Guilherme, EB
4 Jorge Piçarra, EB
5º Alexandre Magalhães, BA
6º Luís Delgado, BA
7º Sérgio Fernandes, BA
8º David Faria, BA


Troféu para o cão mais pontuado: Geff du Canal du Lunel, EBM, de Jorge Piçarra.

O almoço e entrega dos prémios  decorreram no pavilhão de Pinhal, tendo todos nós sido presenteados com uma bela refeição e a entrega de inúmeros troféus.
Mais uma vez a Associação de Caçadores e Pescadores da Freguesia de Santa Maria, São Pedro e Usseira, brilhou na organização desta prova e, no próximo ano, será sempre um evento a não perder.

Prova de Beneficência a favor da APACA, Cadaval - Resultados



Após várias e atribuladas situações que são do conhecimento de todos, com muita vontade de ajudar quem quer ser ajudado,  realizou-se no passado sábado, no Cadaval, a Prova de Beneficência a favor da APACA, Associação Portuguesa de Apoio à Criança Abandonada. Esta instituíção, sediada no norte do país, tem como missão ajudar crianças abandonadas, desfavorecidas e com deficiências motoras e/ou intelectuais. Em boa hora o fizemos!



A concentração teve lugar no Cadaval, onde foram chegando os concorrentes, juízes, organizadores, postores, acompanhantes, etc, etc, vindos de todas a zonas do país. Foram muitos aqueles que responderam à chamada e muitos outros que, na impossibilidade de estarem presentes, contribuiram também através de donativos, aquisição de rifas e até com o valor da inscrição na prova.





Mais uma vez o município do Cadaval se associou a uma inicitiva dos caçadores e cedeu as suas fantásticas instalações do Pavilhão Multiusos, onde se viria a fazer o almoço e a entrega de prémios.




Se eu tivesse que caracterizar esta iniciativa, diria (tão simplesmente), que foi uma prova feita com Coração!
Os acontecimentos que a antecederam, apenas a tornaram maior em termos de vontade.


Presentes 48 concorrentes, que foram distribuídos por 6 campos, julgados pelos juízes, Manuel Brás, José P. Leitão, Joaquim Rosa, Vitor Serrano, Paulo Filipe, Samuel Lourenço e Sandra Esteves.

Os campos eram bastantes típicos daquela região do Oeste. Nesta época do ano a vegetação não ajuda, porém houve a preocupação de ser cortada nas zonas de maior dimensão, de forma a que as provas pudessem ter o nível de desempenho adequado.



O tempo esteve fresco, com vento constante. A boa orgânica da organização permitiu que esta fluisse rápidamente e acabasse antes da hora de maior calor.
Conforme tinha sido acordado, não haveria barrage, sendo a classificação final definida pela pontuação alcançada pelos primeiros de cada série.



Classificação:

1º Rui Bonito, BF
2º André Costa, BA
3º Pedro Carvalho, BA
4º Fernando Henriques, BA
5º Paulo Vale, PP
6º Marco Matias, EB
7º Correia da Silva, PP
8º Carlos Guilherme, EB




Troféu para o cão mais pontuado da prova: Jenny, BAF, de André Costa.
Troféu para o PP mais pontuado: Hinja do Solar do Jamor, de Correia da Silva.




Os muitos patrocínadores e apoiantes, contribuíram com vários produtos que entretanto foram engrossando a lista de prémios das rifas vendidas.


 


 

Não esquecendo aqueles a quem estavamos a dedicar esta iniciativa, também livros didacticos e infantis foram doados.






No final, após os habituais agradecimentos dos organizadores, usou da palavra o representante da CNCP, que em nome do seu presidente e pessoal, leu uma mensagem de apoio e insentivo pela iniciativa.








O momento da entrega simbólica do cheque, à Srº Presidente da APACA, D. Helena Teixeira.









Também simbólicamente, o cheque foi assinado por todos os intervenientes.




No final, já após o preenchimento, o valor foi arredondado para os 1.500€.



Será um pequeno contributo, claro, mas poderá ser uma grande ajuda para quem, dia após dia, tenta fazer das tripas coração, e servir uma franja tão sensível da nossa sociedade.
Em meu nome pessoal, obrigado APACA!




No sábado, com certeza que não fizemos história, mas tenho a certeza que fizemos algumas crianças felizes!

quarta-feira, 22 de junho de 2016

II Troféu de Stº Huberto de Ponte de Lima

 

A segunda edição do Troféu de Stº Huberto de Ponte de Lima, terá lugar durante a Feira da Caça, Pesca e Lazer de Ponte de Lima, no dia 16 de Julho.

Com organização da Fencaça, o apoio da autarquia, da Egocaça e do Clube de Caçadores de Ponte de Lima, tem a concentração marcada para as 7.00h, na Expolima.
As inscrições poderão ser feitas pelo Tlm: 933 675 521, ou e-mail: 2regiao@fencaca.pt.

Prova de Beneficência - Cadaval


Após o cancelamento da prova de beneficência destinada a ajudar a APA pelos motivos que são conhecidos, a organizadora da prova recebeu multiplos pedidos por parte dos concorrentes e outras entidades, para que esta não se deixasse de realizar.
Assim, a prova vai realizar-se, no mesmo local e à mesma hora, revertendo a sua receita para uma instituíção de apoio à criança abandonada, cuja presidente estará presente na inicitiva e fará a sua apresentação.

Vamos ajudar quem quer ser ajudado!

terça-feira, 21 de junho de 2016

Troféu Região de Aveiro, em Avanca




Realiza-se no dia 30 de Julho o Troféu Região de Aveiro. Organizado pela Associação de Caçadores e Pescadores de Avanca, tem a concentração marcada para 7.00h, na sede da associação.
Inscrições pelos: e-mail- acpavanca@gmail.com, ou Tlm- 962 841 047

segunda-feira, 20 de junho de 2016

Provas de apuramento p/ Cº Nacional Fencaça, região dos Açores - Resultados

Realizaram-se no passado fim de semana, na Ilha Terceira, a provas de apuramentos da região dos Açores, para o Campeonato Nacional da Fencaça.
Numa co-organização da ATC com a Fencaça e integrada no programa de eventos das festas S. Joaninas 2016, esta prova teve a participação de dez caçadores concorrentes (oito da Ilha Terceira, um da Ilha Graciosa e um da Ilha do Pico).  
Tanto no sábado, como no domingo, as condições meteorológicas foram boas (céu nublado, não muito calor e vento normal), as perdizes tiveram um bom desempenho, e foram executados bons lançes de caça.
Foram juízes da prova: Agostinho Guimarães e Jorge Travessa. 
Ficaram apurados para representar os Açores na final, os seguintes caçadores concorrentes:


1º Pedro Araújo (Ilha Graciosa)
2º José Paulo Rodrigues (Ilha Terceira)
3º José Pedro Pacheco (Ilha Terceira)
4º Cremildo Marques (Ilha do Pico)



Melhor Cão: Pluto, (Braco Alemão macho), de Pedro Araújo.

(Informação gentilmente cedida pela Associação Terceirense de Caçadores)

Prova de beneficência a favor da APA - Cancelada

É com profundo pesar que anuncio o cancelamento da prova de beneficência a favor da APA. Aparentemente, a direção daquela instituíção, após ter aceitado, cedeu a pressões do lobbie dos "anti-caça" e restante PANdilha, e declinou estar presente no almoço do evento para receber o donativo. Por tal motivo a organização decidiu cancelar a prova.

Explicação da organizadora:
"A Prova de Santo Huberto de Beneficência à APA (Associação de Proteção aos Animais de Torres Vedras) foi cancelada!
É com enorme tristeza que vos damos esta notícia hoje, mas infelizmente os extremismos e fundamentalismos do mundo em que vivemos falam mais alto!
Primeiro que tudo queremos agradecer a todos os que se disponibilizaram em ajudar; a todos os que vinham de suas casas, gastar dinheiro, gastar tempo, gastar gasóleo para ajudar; a todos os que quiseram contribuir com prémios ou monetariamente; a todos vocês caçadores e acompanhantes! Conseguiram mostrar que somos uma família e que temos valores muito patentes e somos Grandes seres humanos!
Aos cerca de 80 concorrentes e aos cerca de 80 acompanhantes as nossas desculpas!
Tínhamos tudo organizado; temos muito tempo perdido nesta organização; temos dinheiro investido, mas enfim...
Agradecer à Apa, que recebeu mensagens negativas, ameaças, comentários humilhantes; mas que sempre esteve de cabeça erguida! A culpa não é vossa e todos sabemos disso…
De quem é a culpa? O que aconteceu? De facto, o que aconteceu é que estamos num país em que ser livre é uma utopia! Estamos num país em que tudo o que fazemos é constantemente julgado (mas por pessoas que ainda menos fazem)! O fundamentalismo e o extremismo das pessoas fez com que a prova não se realizasse; “porque os caçadores são assassinos e uma instituição de animais abandonados nunca se poderá aliar a isso…”
Estamos tristes! Profundamente tristes!"


Explicação da APA:
"A APA gostaria de manifestar um enorme agradecimento à Organização e aos Inscritos na Prova de S. Huberto que quiseram apoiar uma Causa que é de todos!
Infelizmente a nossa Associação foi atacada de uma forma muito agressiva e pouco esclarecida quanto ao objectivo que este momento encerrava.
Infelizmente vivemos num clima onde a predominância das opiniões, geradas de forma instantânea nas redes sociais, se tornam virais e abalam um trabalho que se constrói, com esforço, todos os dias, há muitos anos!
Infelizmente percebe-se que o diálogo, a sensibilização e a abertura saudável entre organismos não são bem aceites por um grupo de indíviduos cujas opiniões radicais distorcem as nossas motivações.
Reconhecemos à organização desta prova uma grande vontade de fazer a diferença e entrar num espírito solidário com a nossa "Causa"
Um grande obrigada por isso! Encontram-se todos convidados a conhecer-nos."


Hoje todos perdemos um pouco, mas os animais ao cuidado da APA perderam muito mais.