segunda-feira, 31 de agosto de 2009

Politicamente (in)correcto - 13 (Campeonatos Regionais - Séries e sorteios)

Agora que terminaram os campeonatos regionais, surgem-me alguns reparos quanto à forma como se realizam e como podem ser melhorados, credibilizados e acima de tudo haver mais verdade desportiva.
Num post anterior, já me referi às inscrições (inequívocas), dos concorrentes em apenas um campeonato, hoje vou abordar as séries e os sorteios das mesmas.
Nós, portugueses, somos pródigos em censurar, mas pouco ousados em avançar com sugestões de melhorias. Neste caso, deixo aqui uma forma de dar mais verdade desportiva aos campeonatos regionais e contribuir para a credibilização deste desporto. Notem que não pretendo ser detentor da verdade absoluta, mas não fazer nada é pior do que censurarmos e nos acomodarmos àquilo que achamos estar errado.
Assim, quando da elaboração das séries, poucas vezes se vê ter o cuidado de dividir equitativamente os concorrentes que estão a disputar o dito campeonato. Isso faz com que possam haver séries com 5, 6 ou 7 concorrentes, enquanto que outra(s), apenas 1 ou 2. Resultado prático: na série onde apenas há 1 ou 2 concorrentes a disputar o campeonato, acontece que um concorrente, independentemente da sua boa ou má prestação (até pode ficar em ultimo!), já tem assegurado um 1º ou um 2º lugar! Enquanto que na outra série, um concorrente com uma óptima prova pode ficar em 3º ou 4º e contar esse mesmo lugar. Nada mais injusto e com falta de verdade desportiva. Deixar apenas à pura sorte do sorteio a classificação de um campeonato é a meu ver grave e desvirtua a competição.
Mais injusto ainda é quando consideram os lugares "reais" nas séries, contando também com aqueles que nem sequer estão a disputar o campeonato...
Como se pode “resolver” isto? Facilmente e sem demoras: dependendo do nº de inscritos para o campeonato, estes devem ser distribuídos equitativamente pelas séries. Se forem 10 concorrentes (por exemplo), deve-se começar por sortear 5 para cada série (no caso de serem duas séries claro). Após isso, serão então sorteados e distribuídos os restantes participantes até ficarem as séries equilibradas. Feitas as séries, realizar-se-à então o sorteio, passo a passo, para a ordem de entrada em prova. Claro que para efeitos de campeonato contará a classificação na prova daqueles que estão realmente a disputá-lo. Assim, haverá sempre equilíbrio e mais justiça nas classificações relativas, com vista à classificação final. Claro que o factor sorte sempre estará presente no sorteio, mas quando as séries têm o mesmo número de concorrentes já a alienação da verdade desportiva é menor.

PS- Por isso também é tão importante saber, antes da primeira prova, quem vai ou não fazer o referido campeonato. http://santo-huberto.blogspot.com/2009/08/politicamente-incorrecto-12-campeonatos.html