quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

Politicamente (in)correcto - 15 (fim de 2009, começo de 2010)

Um ano passado e chegou o momento de fazer o balanço. Penso que 2009 foi um bom ano para o Santo Huberto. Não um ano perfeito, mas sem duvida um ano em que a modalidade esteve a alto nível no plano internacional, com a vitória individual do Carlos Pires no campeonato do mundo e o terceiro lugar de Portugal por equipas.
No plano interno, sem duvida alguma que a união entre a CNCP e FENCAÇA, foi uma mais valia para a modalidade e legitimou o campeão nacional. Finalmente aconteceu aquilo que há muito se esperava, ou seja, haver apenas um campeonato nacional e um campeão nacional. Também da junção de esforços nasceu uma selecção nacional forte e ganhadora. Fica assim mais do que provado que a união faz a força e que anos de separatismo não favoreceram ninguém. Espero que este tipo de concertações possam também ser feitas noutros sectores da caça, pois todos nós caçadores lucraríamos com isso.
Mas nem tudo foram rosas no campeonato nacional e haverá certamente algumas coisas a rectificar. Tipo de sorteios, datas, terrenos e até o figurino do apuramento. Fazer apenas duas provas de apuramento regionais e, ainda para mais, em apenas um fim-de-semana, não me parece a forma mais justa de seleccionar os concorrentes para a final. Esta é apenas uma opinião pessoal e que vale o que vale.
Outra novidade foi a Taça de Portugal organizada pela CNCP, que veio dar um objectivo aos campeonatos regionais das federações que a compõem. Foi sem duvida uma boa ideia, que dinamizou e movimentou centenas de praticantes pelo país fora.
A nível pessoal, encetei o projecto deste Blogue na tentativa de aumentar a informação disponível sobre as provas e divulgar as classificações. Era uma lacuna que, penso, existia e que por isso muitas provas passavam sem conhecimento dos aficionados. Tentei durante o ano publicitar o máximo de eventos possíveis, a maior parte das vezes à custa de pesquisa na internet, outras com a prestimosa colaboração de amigos que gentilmente me fizeram chegar as informações. A todos o meu muito obrigado. Da parte dos organismos oficiais já houve maior dificuldade em obter ajuda. Poucos foram aqueles que responderam aos meus mails, embora hajam algumas honrosas excepções. Se me é dada a oportunidade de fazer um pedido para o ano de 2010, será que aqueles que tenham informações pertinentes sobre a modalidade me possam fornecê-la para ser publicada. Não pretendo com isso tirar importância nem protagonismo a ninguém, apenas facultar a informação e contribuir, assim, para o sucesso das iniciativas.
Até este momento temos 17.555 visitas (no espaço de um ano), o que quer dizer que há quem “perca tempo” a ler este espaço dedicado às provas de Stº Huberto.
Desejo a todos um grande Ano de 2010, recheado de sucesso, quer a nível pessoal, quer desportivo.

Um forte abraço.