domingo, 25 de setembro de 2011

Taça de Santo Huberto da CNCP - Resultados

Realizou-se este fim de semana, em Vila Pouca de Aguiar, a III Taça de Santo Huberto da CNCP. Os 29 concorrentes finalistas, que haviam sido seleccionados nos vários campeonatos federativos, puderam disputar aquela que é a maior competição da modalidade no âmbito da CNCP.
Foram formadas três séries, distribuídas por três campos. Os campos eram de excelente qualidade, dos melhores que, porventura, existirão a nível nacional, compostos por terreno ligeiramente ondulado e com coberto característico à base de feno, carqueja e giesta.
No sábado o tempo apresentou-se fresco pela manhã, com pouco vento, mas com uma brisa constante que ajudou as prestações dos cães. Domingo esteve mais quente e com menos vento, ou menos constante, sem contudo a temperatura condicionar, de forma relevante, o trabalho dos cães.

Foram juízes da prova: Manuel Brás, José P. Leitão, Joaquim Vitorino, João Lisa, Agostinho Guimarães, Paulo Filipe, Jorge Travessa, José Gonçalves, Fernando Fonseca e as tirocinantes Sandra Esteves e Sara Esteves.

Segundo o regulamento deste troféu, seriam encontrados os três finalistas entre os primeiros classificados de cada uma das séries, tendo em conta os dois dias de provas. Assim, os vencedores de cada uma das séries foram: série A - Alberto Henriques, série B - Rui Bonito e série C - Mário Brito
A barrage final ditou o pódio de seguinte forma:




1º Alberto Henriques / Verdi, SI
2º Rui Bonito / Arty, BA
3º Mário Brito / Inca, PP



















Classificação geral individual:
1º Alberto Henriques
2º Rui Bonito
3º Mário Brito
4º Fernando Henriques
5º Carlos Pires
6º Manuel Agonia
7º Diogo Silva
8º Carlos Guilherme
9º Paulo Fernandes
10º Carlos Borrego
11º André Pereira
12º Carlos Moleiro
13º Fernando Silva
14º Pedro Nogueira
15º Alexandre Magalhães
16º Nuno Silva
17º José Costa
18º José Dias
19º Paulo Afonso
20º Vítor Assis
21º Luís Figueiredo
22º Paulo Marques
23º Rui Vaz
24º José Silva
25º Sérgio Fernandes
26º Rui Moreira
27º Cremildo Marques
28º Eduardo Jorge
29º Vítor Inácio

Por equipas:
1º FEDERCAÇA
2º FCPBI
3º FAC

Esta Taça, realizada anualmente sob a égide da CNCP, faz movimentar muitos praticantes e federações ao longo do ano.
Faço votos para que as actuais dificuldades por todos sentidas, a nível económico e social, não sejam óbice à sua existência futura. Nós, os adeptos do Santo Huberto, esperamos que os dirigentes federativos e entidades oficiais façam um esforço suplementar de forma a permitir a sua continuidade.
Até para o ano, no Alentejo!