segunda-feira, 3 de fevereiro de 2014

IX Prémio Galaico-Português, Macedo de Cavaleiros - Resultados

Realizou-se no passado fim de semana a nona edição do Prémio Galaico-Português, em Macedo de Cavaleiros. Esta prova, que no actual figurino foi disputada em dois dias, constava do programa da Feira da Caça de Macedo e teve o imprescíndivel apoio da autarquia local.
Uma vez mais a FACIRC tudo fez para acolher com a tradicional hospitalidade transmontana, todos aqueles que se deslocaram a Macedo de Cavaleiros, vindos das mais variadas zonas do país.


A concentração teve lugar na sede da Associação de Caçadores de Grijó e Vilar do Monte, onde foi servido o taco e de onde os concorrentes partiriam, posteriormente, para os campos da prova.





Os terrenos, muito típicos daquela região, eram bons para a prática da modalidade, tendo apenas como óbice os acessos, que por causa das chuvas intensas, se encontravam muito enlameados.


 O tempo foi muito díspare nos dois dias, sendo o primeiro dia um verdadeiro dia de inverno, com muito vento, granizo e frio, mas no segundo dia a ser um dia de sol, com vento de feição e temperatura mais agradável. Talvez por isso as prestações dos conjuntos tivessem melhorado substâncialmente de um dia para o outro.


 Presentes 20 concorrentes, divididos por duas séries, julgadas pelos juízes Agostinho Guimarães e Sandra Esteves, no campo A e por Fernando Fonseca e Paulo Filipe, no campo B.
Sendo este um troféu disputado em duas provas distintas, houveram classificações por cada dia e final, para o Prémio Galaico-Português.

Resultados:
Dia 1, após barrrage:
1º Rui Vaz, SI
2º Fernando Henriques, BA
3º Rui Martins, BA
4º Alexandre Magalhães, BA

Dia 2, após barrage:
1º Carlos Paiva, EB
2º Sérgio Fernandes, BA
3º Rui Bonito, BA
4º Luís Delgado, EB



Prémio Galaico-Português, após barrage:
1º Carlos Paiva, EB
2º Fernando Henriques, BA
3º Manuel Agonia, BF
4º Luís Delgado, EB




No final, após entrega dos prémios, usou da palavra o presidente da FACIRC, Engº Castanheira Pinto, que, para além de agradecer a presença de todos os intervenientes, anunciou que este formato dos dois dias será para continuar, naturalmente com o apoio da CM de Macedo de Cavaleiros, e que o troféu passará  a ser denominado "Prémio Ibérico", de modo a poder congregar mais concorrentes, de mais regiões da península. Uma boa notícia, sem duvida, e que motiva todos os amantes da modalidade neste início de ano.


Em meu nome pessoal quero fazer um agradecimento especial  a dois amigos, ao Raúl Fernandes e ao João Ribeiro, da FACIRC, pelo empenho e disponibilidade que demonstaram na organização desta prova. Sem o trabalho de pessoas como eles, não teria sido possível.