segunda-feira, 8 de agosto de 2016

Algo vai mal no reino da Dinamarca


Os representantes portuguêses, selecionados para a final do Campeonato do Mundo de Santo Huberto, a realizar em Outubro, na Dinamarca, estão impedidos de participar, porque iriam acompanhados por Perdigueiros Portuguêses.

Mas vamos aos factos. O próximo Campeonato do Mundo de Santo Huberto será na Dinamarca. A Dinamarca tem legislação governamental no que concerne à aceitação do corte de caudas. A exemplo de outros países europeus, a amputação de caudas (e orelhas), é expressamente proíbida, quer para cães nascidos na Dinamarca, quer para a entrada de cães oriundos de outros países que tenham sido sujeitos a essas modificações.
Até aqui tudo bem. Nada a assinalar, cada país legisla como quer e pode. Aliás, até devo elogiar a posição do estado dinamarquês que, ouvindo os clubes de raça nacionais que representavam os cães do 7º grupo, decidiu contemplar excepções em cinco raças e permitir o corte de caudas em exemplares das mesmas. Como na Dinamarca, apenas existem os clubes do Braco Alemão, Epagneul Breton, Wizlas, Weimaraner e Drahthaar, foram (e são apenas), essas as raças. E aqui é que começa o problema...
Como é sabido, muito mais raças existem em cujo estalão é contemplado o corte de caudas. Apesar de haver legislação europeia a esse respeito (no sentido da proibição), em Portugal pode-se alegar motivos de saúde do animal para o poder fazer e até há muitos países em que tal procedimento é permitido e legal.  Pois é, mas na Dinamarca apenas aquelas cinco raças são aceites.
Então, e no Campeonato do Mundo de Santo Huberto e Caça Prática, que se vai realizar em Outubro, na Dinamarca? Qual é a situação dos representantes dos outros países que vão participar com exemplares que não dessas cinco raças? A resposta é só uma: estão impedidos!

Sempre que surgem situações deste tipo, segue-se o chorrilho do "passa culpas". Resumindo, ninguém é culpado:
- Ninguém tem culpa de que, quando atribuíram a organização do CM à Dinamarca, se esquecessem de consultar a legislação vigente.
- Ninguém tem culpa de que as entidades que representam os diversos países participantes se esquecessem de perguntar se, face à legislação do país anfitrião, seria possível contornar essa condicionante.
- Ninguém tem culpa de que, com a preocupação de salvaguardar os vários interesses que circulam ao redor destas organizações, se "esquecessem" do tal "pormaior", que faria com que nem todas as raças de cães tivessem o mesmo tratamento.
- Ninguém tem culpa de que a entidade portuguêsa que apura os representantes nacionais para o CM, também não soubesse de nada quando organizou o respectivo apuramento.

Resumindo e concluindo, eu só consigo encontrar aqui uns culpados: os cães!  
(Como diria o outro: "- queres ver que afinal aqui a puta sou eu?!")

Aguardo com expectativa as cenas dos próximos capítulos. Sei que existem algumas movimentações no sentido de serem criadas excepções para o CM, porém, segundo também me disseram, não será fácil e o mais certo será mesmo a restrição de acesso a todas as raças para além das cinco anteriormente mencionadas.

Aconteça o que acontecer, quero aqui fazer uma mais do que justa homenagem ao nosso Perdigueiro Português! A raça e os cães não têm culpa. Conseguiram por mérito próprio o direito de estarem presentes na final deste Campeonato do Mundo.
Que os homens não consigam desfazer, aquilo que os cães tão bem fizeram!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

PS- Como não gosto de falar sem saber o que digo, tomei-me de cuidados e enviei um mail à canina dinamarquesa (Dansk Kennel Klub) , questionando sobre a possibilidade da participação dos Perdigueiros Portuguêses. Tive a resposta de um dia para o outro (!) e passo a transcrever na íntegra:



Dear R. Coelho

According to the Danish law it is not allowed tail docked dogs to participate in trials in Denmark.
Except this breeds: 
FCI nr. 095  Breton/Epagnuel Breton/Brittany
FCI nr. 119  Korthåret Hønsehund/Deutsch Kurzhaar/German Short-haired Pointing Dog
FCI nr. 098  Ruhåret Hønsehund / Deutch Drahthaar/ German Wire-haired Pointing Dog
FCI nr. 057  Vizsla, korthåret/ Rövidszörü Magyar Vizsla/ Hungarian Short-harired Pointing Dog
FCI-nr. 039  Vizsla, ruhåret / Drotzörü Magyar Vizsla/ Hungarian  Wire-haired Pointing Dog
FCI-nr. 099 Weimaraner, korthåret / Weimaraner, Kurzhaarig/ Weimaraner, Short-haired
FCI-nr. 099 Weimaraner, langhåret/ Waimaraner, Langhaarig/ Weimaraner, Long-Haired

We therefore regret to inform you that tail docked Perdigueiro Portuguese may not participate at World Championship 2016 in Denmark. 
 

Med venlig hilsen/Kind regards,
DANSK KENNEL KLUB
Hanne K. Madsen

Sekretær for DKK's Brugshunde-, Eksteriørdommer- og HTM-udvalg
Direkte telefon:+45 56 18 81 24



Dansk Kennel Klub
Parkvej 1 • DK-2680 Solrød Strand
Tlf. +45 5618 8100 • Information +45 5618 8155 • Fax +455618 8191
http://www.dkk.dkpost@dkk.dk   


Agora pergunto eu: se me deram uma resposta tão rápida, a mim, um particular sem qualquer apresentação, porque razão as nossas entidades oficiais foram surpreendidas?!